quinta-feira, 14 de abril de 2011

Boris Casoy acusa Globo de ser beneficiada pela polícia do Rio


Está o maior climão entre a Band e a Globo. Tudo porque Boris Casoy, durante o "Jornal da Noite", acusou a Globo de ter sido favorecida pela polícia do Rio de Janeiro.
O protesto do veterano jornalista diz respeito ao vídeo inédito do assassino de Realengo, Wellington Menezes de Oliveira, exibido com exclusividade pelo "Jornal Nacional" na terça (12).
Na ocasião, Boris disparou: "Esses vídeos de interesse público foram vazados somente para a TV Globo pela polícia do Rio. Que só agora promete investigar a discriminação cometida contra o restante da imprensa brasileira, através desse vazamento. A polícia do Rio deve explicações".
De acordo com informações do jornalista Ricardo Feltrin da coluna "Ooops!" do UOL, a Band fez uma queixa formal à ouvidoria da Polícia Civil do Rio para apurar o vazamento.
Ainda segundo a coluna, além da Globo, a Record também tinha conhecimento da existência da gravação e vinha negociando o vídeo. Porém, foi passada para trás pela rival carioca que exibiu o material com exclusividade.
RD1

Nenhum comentário: